Minha Atuação

Voltar

Transformação Social

Contra as drogas

Promover a formação social sobre a problemática das drogas e impulsionar a formação de centros de tratamento nos diferentes bairros da cidade. Apoiado no conhecimento do trabalho desenvolvido pelo Gauf – Grupo de Apoio a Usuários e Familiares – existente desde 2000 e atuando em todo o Brasil.
A luta contra a liberação das drogas ilícitas é uma forte bandeira de Marcelo Aguiar, que defende sempre a liberdade das famílias e da sociedade através de um governo que atua firmemente no combate às drogas.

Os princípios que fundamentam a minha trajetória levam-me a observas as questões de formação e educação como essenciais para o desenvolvimento de uma nova sociedade, mais sustentável e mais preparada para os desafios que se aproximam.
As crianças e adolescentes precisam de um ambiente adequado e de condições essencias para serem preparadas para o papel social que cada uma irá cumprir no futuro próximo, precisam de princípios reais, livres das drogas e dos preconceitos sociais, livres dos conflitos e dos traumas afetivos.
É preciso assegurar à criança o direito a ter acesso a Escolas Comunitárias com Princípios, que preservam a verdade e firmam as crianças no caminho que devem andar.
Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele. (Provérbios 22:6)
A educação é a principal arma que temos para evitar que nossas crianças sejam influenciadas e escolham o caminho das drogas, um dos maiores males sociais que envolve  a nossa juventude, é preciso Escolas fundamentadas em Princípios e é preciso um política pública de prevenção e controle de danos, não podemos esquecer que a droga é uma realidade e que o combate às drogas não é de responsabilidade exclusiva da segurança pública, mas sim de uma ação em conjunto que previne o inicio do uso através da formação, que atua no processo de dependência e co dependência, interferindo na comunidade com Grupos de Apoio a Usuários e Familiares com especialistas para atendimento aos jovens e familiares.
A ação conjunta é a única forma de combater esse mal que tem consumido a nossa sociedade, temos de ser ativos como governo, temos que interferir trazendo a luz a esse problema e impedir a legalização, impedir o acesso e prevenir os danos.
Os jovens precisam de formação e precisam de apoio, em todas as situações traumáticas que vivenciam, é preciso estarmos presentes e dar resposta às necessidades emocionais pós-traumáticas, dentre as inúmeras situações em que a minha atenção estará focada é na restauração emocional e social das crianças que sofreram abusos sexuais (pedofilia), abusos sociais (buyling) e abusos na internet.
Controle de danos com profissionais habilitados em locais inseridos em todas as sub-prefeituras, que recebem os jovens e familiares e os ajudam a superar e a avançar para uma vida próxima da normalidade.

 

Compartilhe: